Search This Blog

Tradução automática

October 25, 2015

Escrita Criativa em Novembro: 5 Alternativas ao NaNoWriMo 2015


Transcrição parcial da apresentação que teve lugar no dia 25 de Outubro de 2015,
na "Casa das Palavras", um espaço criado no mundo virtual Second Life. 



Devo começar por dizer que, desde 2013, tenho participado no National Novel Writing Month, normalmente referido pelo acrónimo NaNoWriMo, bem como em algumas edições do Camp NaNoWriMo. Em 2014, elaborei um pequeno guia sobre o NaNoWriMo, em português, que poderá ser consultado aqui.

No entanto, apesar de ser uma aficionada do NaNoWriMo, hoje não venho aqui fazer a apologia da fantástica aventura que é tentar escrever 50 mil palavras de um novo romance em apenas 30 dias.

Muito pelo contrário, venho apresentar cinco alternativas ao NaNoWriMo que, à partida, não impõem a escrita de um número mínimo de palavras.



Algumas destas iniciativas nem sequer implicam escrever ficção - embora todas tenham em comum com o NaNoWriMo o facto de decorrerem durante o mês de Novembro.

Outra característica que estas iniciativas têm em comum com o NaNoWriMo é o facto de os participantes se poderem juntar a uma comunidade online com os mesmos objectivos, algo que parece ser determinante para o sucesso de muitos participantes.


Vamos principiar esta revista às alternativas apresentando um projecto que envolve apenas um caderno e um lápis, ou uma caneta: "The Notebook Project"

"The Notebook Project" (ou NoBoPro), que poderemos traduzir como “O Projecto do Caderno”, coloca um desafio simples, ou talvez não: preencher todas as páginas de um caderno, da capa à contracapa, em 30 dias.

O formato e a dimensão do caderno, ou livro de apontamentos, ficam ao critério de cada participante e as folhas podem ser preenchidas com qualquer tipo de escrita original, incluindo não-ficção. Poemas, contos, diálogos, fragmentos de um romance, ensaios... Tudo isto se aceita, desde que, no final do mês, não reste uma folha em branco no caderno. :)

Quem quiser saber mais sobre este projecto poderá visitar a página http://nobopro.webs.com/ ou juntar-se a esta comunidade no Facebook, em https://www.facebook.com/NoBoPro/


Conforme se poderá perceber facilmente pelo nome, o “Academic Writing Month” – ou mês da escrita académica – nada tem a ver com ficção.

Os participantes desta iniciativa aceitam respeitar um conjunto de seis regras. A primeira dessas regras é precisamente a definição dos objectivos para o mês de Novembro, em número de palavras, em número de horas, ou até de projectos.

O “Academic Writing Month” – cuja abreviatura actualmente é AcWriMo – dá muita importância à responsabilização de cada participante relativamente aos objectivos que definiu para si próprio e também incentiva a divulgação dos resultados através das redes sociais, especialmente Twitter e Facebook.

A lista das seis regras do AcWriMo, bem como informação complementar sobre esta iniciativa, pode ser encontrada em https://en.wikipedia.org/wiki/Academic_Writing_Month


Passamos para o “National Blog Posting Month” – ou mês nacional da publicação de artigos num blog.

Neste caso, o desafio é simples e poderia facilmente ser resumido da seguinte forma: 30 dias, 30 posts.

A ideia subjacente a este projecto é que cada participante publique 30 artigos originais no seu blog, durante os 30 dias de Novembro.

Não há tema, nem número mínimo de palavras, ou quaisquer outras regras, para além da necessidade de produzir um artigo por dia – seja ele um soneto, ou uma receita de bolo de chocolate.

Existe uma comunidade online associada a esta iniciativa, na plataforma social Blogher, em http://www.blogher.com/blogher-topics/blogging-social-media/nablopomo


O “Digital Writing Month” – ou DigiWriMo – apresenta-se como um projecto que visa incentivar a “escrita digital”.

De acordo com a informação que se encontra no website do DigiWriMo - http://www.digitalwritingmonth.com/ - escrita digital inclui praticamente tudo que se escreve online: um e-mail, uma actualização de perfil no Facebook, um tweet, críticas literárias no GoodReads, comentários em jornais online, ou até publicação de microcontos em revistas digitais.

O “Digital Writing Month” é um pouco como levar "The Notebook Project" para a Internet. :)


Poderá parecer estranho, mas a quinta alternativa ao NaNoWriMo é o próprio NaNoWriMo.

Isso acontece porque a organização daquele projecto aceita como participantes pessoas que se assumem como rebeldes – os “NaNo Rebels”.

A organização do NaNoWriMo aprecia realmente os rebeldes e até criou uma sala de fórum só para eles no portal oficial, com moderadores especializados em questões relacionadas com a “NaNo rebeldia”. A questão mais vezes colocada por estes participantes costuma ser: “Será que sou um NaNo Rebel?”

As actividades que caracterizam um NaNo Rebel incluem escrever contos sem qualquer relação entre si e qualquer tipo de não-ficção, mas também escrever roteiros para cinema ou para jogos, desenhar novelas gráficas, criar 50 imagens em vez de escrever 50 mil palavras ou compor música durante 30 dias.

Acima de tudo, os NaNo Rebels são pessoas que participam no NaNoWriMo com o objectivo de concluir um projecto, qualquer que ele seja, e trazem para esta comunidade uma qualidade importante: a diversidade.

Para o caso de haver um NaNo Rebel dentro de algum de vós, aqui fica o link para a sala da rebeldia no portal do NaNoWriMo: http://nanowrimo.org/forums/nano-rebels


Não poderia finalizar esta apresentação sem salientar a importância da “hashtag” como ferramenta de comunicação online entre os participantes de qualquer uma destas iniciativas.

Para quem não sabe, a “hashtag” é uma palavra inglesa que designa uma espécie de etiqueta digital, uma palavra-chave que facilita a pesquisa de conteúdos nas redes sociais, em particular no Twitter, onde se tornou muito popular.

A “hashtag” é criada justapondo qualquer palavra, ou expressão, ao símbolo # (cardinal, cerquilha, ou antífen). Exemplos: #escrita ou #escritora

Independentemente da iniciativa na qual decidam participar, a utilização da respectiva “hashtag” será sempre uma boa forma de comunicar com os restantes participantes, especialmente através do Twitter, mas também no Facebook.


Assim, aqui ficam novamente as “hashtags” dos projectos referidos nesta apresentação:

#NoBoPro – para "The Notebook Project"

#AcWriMo – para “Academic Writing Month”

#NaBloPoMo — para “National Blog Posting Month”

#DigiWriMo – para “Digital Writing Month”

#NaNoRebel – para os participantes do NaNoWriMo que seguem as suas próprias regras.


Um agradecimento especial às pessoas que assistiram a esta apresentação no Second Life. :)



No comments:

Post a Comment

Note: Only a member of this blog may post a comment.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

The Rapid eLearning Blog

the elearning coach

Free Technology for Teachers

Moodle News

Faculty Focus